sábado, 16 de fevereiro de 2013

O Optimize-se fecha seu ciclo



Pessoal, é com pesar que informo que o Optimize-se está fechando seu ciclo. Isso mesmo, estaremos encerrando nossas atividades. Foram dois anos de atividade em que procuramos trazer um pouco do que a cultura da Fisioterapia tem a dizer sobre a área da saúde, do movimento e do esporte, sempre com um toque pessoal. Mas infelizmente terei de interromper os artigos. Estou com meu site profissional em desenvolvimento (www.optimafisioterapia.com.br), na verdade em reforma, e as atenções, de agora em diante, terão de estar voltadas a ele. Nem sempre é fácil fazer mais de uma coisa ao mesmo tempo e todas saírem benfeitas.

Por outro lado, lá haverá um espaço para artigos (que já possui aproximadamente 17) que vocês poderão continuar acompanhando. O foco, porém, é outro. Lá o objetivo será a definição e o entendimento de lesões músculo-esqueléticas, pelo menos a princípio. O tema não é tão aberto como era aqui no Optimize-se. Alguns dos artigos do Optimize-se estarão por lá (infelizmente não consegui escrever um texto melhor do que aquele que estava aqui, mas são poucos os casos). O espaço para comentários continuará aberto por lá.

Acredito eu que a principal característica do Optimize-se foi a importância dada àquilo que estava sendo comunicado. Muitas vezes vemos coisas escritas sem preocupação, com erros em relação à informação transmitida. A preocupação em “não falar besteira” ou melhor, em falar “a coisa certa” esteve presente em, absolutamente, todos os artigos escritos por aqui. Isso é algo do qual me orgulho.

Meus agradecimentos sinceros a todos aqueles que, de uma forma ou de outra, fosse lendo ou comentando, participaram e apreciaram o Optimize-se. Foi uma empreitada pessoal que nunca tinha feito (jamais escrevera um blog), mas que paralelamente ao prazer de escrever e ver que existem pessoas que apreciam o que foi escrito, trouxe um grande crescimento. Quando escrevemos nos tornamos melhores leitores (temos que pesquisar), melhores escritores, compreendemos melhor os assuntos estudados, comunicamos melhor aquilo que aprendemos, enfim, é algo que vale a pena.

Que fechem-se as cortinas...

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Análise do gesto Esportivo da Corrida - Parte 4




Agora vamos ver algumas alterações numa diferente perspectiva de visão. Estaremos vendo o gesto esportivo por trás.

fig.13

Na figura 13 podemos observar duas alterações importantes. Uma delas é a rotação externa do joelho, que podemos observar pela linha traçada no pé. De fato, para que possamos ter certeza que a rotação ocorre no joelho um exame clínico prévio é importante para que se possa descartar alterações da estrutura óssea, como a torção tibial e a torção submaleolar.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Análise do Gesto Esportivo da Corrida - Parte 3


O ponto de vista agora mudou, estamos observando a atleta pelo seu lado esquerdo. De fato, a velocidade da corrida agora mudou para uma passada mais rápida
.
fig.8

Na figura 8 observamos o cotovelo e a altura da mão. O cotovelo está muito dobrado, muito fechado. Cerca de 90 graus de flexão é o ideal. Além disso, sua mão sobe acima da linha dos ombros, o que é desnecessário.
Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...